Poesias “Basta!”, “Clamor”, “Coisificação do Ser” e “Resiliência” e aquarelas “Fluxos” e “Sem título”. In: Coletivo Marianas. (Org.). Quam Sacer Cruor. 1ed. Bragança Paulista: Hecatombe, 2021, v. 1, p. 17, 67-70 e 127. ISBN: 978-65-87938-39-4.